Formação

O apoio à utilização de software livre concretiza-se também na organização de formação concebida quer como apresentação/exploração inicial, que permita conhecer e apreciar as características de software livre e open source, tecnologias abertas e conteúdos livres, quer como formação avançada, que permita sustentar e aprofundar a sua utilização. Para além de formação em ferramentas específicas, considera-se relevante a formação para fins complexos que impliquem a mobilização e combinação de diferentes ferramentas. Destaca-se igualmente a participação de formadores externos, especialistas em determinada ferramenta ou área, ou interlocutores de boas práticas e inovação na área do software livre e open source, tecnologias abertas e conteúdos livres, e de formadores internos – professores e alunos da ESEV. Para este propósito gizamos duas linhas de acção:

1. Organização de oficinas de formação dedicadas a ferramentas específicas e a utilizações específicas para a comunidade escolar, educativa e local, dinamizadas por professores e alunos da ESEV e por formadores externos, com duração curta ou média, distinguindo-se um nível inicial e um avançado.

2. Organização de uma escola de verão relacionada com a utilização de software livre e open source, tecnologias abertas e conteúdos livres.